domingo, 19 de abril de 2015

Pintura digital com texturas - Gimp e MyPaint

Nestes últimos tempos tenho trabalhado bastante com ilustrações e tenho tido pouco tempo pra escrever aqui... mas de qualquer modo tenho feito pesquisas que unem a pesquisa sobre pinceis úmidos para o MyPaint com a possibilidade de criarmos pinturas com texturas no Gimp.
Ilustração para artigo do Observatório da Imprensa. Desenho à lápis digitalizado e cores aplicadas no MyPaint com pinceis pastosos e ou úmidos.
De fato nos meus trabalhos de ilustração que tenho feito para a Folha de São Paulo, para o blog do Matheus Pichonelli no Yahoo e matérias do Mauro Malin do Observatório da Imprensa... tenho usado de alguma forma os pinceis e algumas técnicas para colocar texturas nas minhas ilustrações.
Nestas ilustrações tenho trabalhado com uma metodologia hibrida, fazendo os desenhos à lápis e depois passando-os para digital com o scanner... num outro artigo vou descrever o processo, que pra mim parece bem interessante e prático.
Ilustração realizada para a Folha de São Paulo... com desenho à lapis digitalizado e colorido com pinceis pastosos feitos para o MyPaint.
O processo inicialmente foi discutido com o Mozart Couto e chegamos a alguns denominadores comuns... basicamente individuamos, entre vários, dois métodos possíveis... e cada um destes depende de como cada artista se adapta melhor dentro do seu próprio workflow.

No Gimp podemos pensar em texturas em duas formas diferentes... as texturas propriamente ditas ou patterns e as manchas ou marcas produzidas por pinceis combinados às dinâmicas de pintura e opções do Tool Options.
Texturas multiplas a partir de marcas de pinceis (aplicado na Layer Mask).
As texturas propriamente ditas podem ser aplicadas com dois instrumentos: o Bucket Fill Tool [] e Clone Tool [Carimbo]. Pensando em termos de pintura digital os dois instrumentos são validos mas seguramente o Clone Tool é bem mais versátil.

Os métodos de aplicação de textura

A minha ideia é relatar dois metodos, aquele que considero o convencional e que irei tratar neste post... e aquele que utiliza Layer Mask... que farei um post somente dedicado a este método.

1 - Convencional

Aplicação textura trabalho finalizado
Neste método imagino o trabalho finalizado com a cor e que queiramos, a posterior, aplicar texturas nas diferentes áreas da pintura. Então um dos caminhos é retalhar a pintura com seleções e aplicar as texturas num layer abaixo do da cor... normalmente aqui teremos que usar blends... o mais comum nestes casos é o Multiply ou o Overlay. Devido ao uso de blends o peso da textura na escala de cinzas... teremos que adotar vários layers de texturas... para assim, termos um controle melhor da imagem final.
Exemplo abstrato da tipica aplicação de texturas numa camada abaixo daquela do trabalho definitivo.
Isto comporta uma boa dose de controle e uma certa dificuldade na construção do esquema. É muito difícil controlar isto num único layer com diferentes texturas (pesos de cinza).
Isto pode ser resolvido alterando e equilibrando o peso das texturas para um tom médio ou mesmo baixo ideal para o trabalho de cada um de nós.
Exemplo de aplicação de texturas numa unica camada abaixa daquela da pintura... este seguramente é o método mais direto e simples.
Pintura tonal e o Lock Alpha Channel
Um modo mais clássico de aplicarmos texturas é usarmos uma pintura tonal com um nível de texturas abaixo... este método é ágil e muito controlado tanto para pintar quanto para aplicar outras texturas e ou pinceladas na camada de texturas.
Esquema de camadas de pintura e de texturas sobrepostas. 
Na camada de pintura usei para colorir o Lock Alpha Channel ativado. A saturação da cor na pintura tonal é dado pelo conjunto de pinceladas e consequentemente do tom de partida na pintura tonal. Outro fator que conta é o tipo de blend que utilizamos encima da pincelada em Normal... se for Multiply... iremos sobrepor com bastante intensidade a cor (veja a parte de cima deste screenshot).

Abaixo mostro alguns traços com possibilidade de texturas tenues aplicadas em diferentes partes... precisa de uma certa prática para entender o processo da pintura e aquele da aplicação de texturas. No meu modo pensar, acho mais interessante pensar no método que aplicamos as texturas uma vez terminado o trabalho.
Camada com pintura tonal colorida com Lock Alpha Channel ativado... o pincel uma vez aplicada a cor pode conter um blend... tipo Multiply, para acentuar o tom. As texturas embaixo foram aplicadas com o Clone Tool.
--
No próximo post irei falar sobre o método do Layer Mask pra aplicar texturas nas pinturas.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...