segunda-feira, 30 de julho de 2012

Universidade de Nitra na Eslováquia e os pinceis para o Gimp | L'ubomir Zabadal

Em junho recebi um email do professor de artes, L'ubomir Zabadal, que se interessou sobre o nosso trabalho no Forks And Drills e desde lá temos tido uma correspondência bem animada, principalmente sobre a nossa produção de pinceis para o Gimp.

L'ubomir Zabadal é professor universitário no departamento de Belas Artes e Educação da University of Constantine the Philosopher em Nitra na Republica da Eslováquia. Ele ensina computer graphics e onde incentiva o uso de software livre como o Gimp, Mypaint, Alchemy, principalmente.

Ele me enviou uma serie de imagens dos seus trabalhos para este post... relatando-me brevemente o processo de criação destas imagens. Alguns destes trabalhos estão no seu portfólio, que vocês podem vê-lo neste endereço: http://www.kvtv.pf.ukf.sk/o-katedre?id=44
Neste link vocês podem ver seus projetos relativos ao software livre como também ter acesso aos trabalhos executados por seus alunos e realmente não pude deixar de notar o alto grau de beleza dos trabalhos, mesmo aqueles mais experimentais.

Aqui estão os comentários sobre os trabalhos que ele me enviou.
"Muitos desses desenhos são bastante abstratos, mas eu gosto de coincidências e experimentações com meus próprios pinceis. Eu fiz um detalhe de um retrato imaginário, usando seu pincel. Seus pinceis são muito precisos, com foco em nuances. Você, obviamente, colocou muito trabalho neles.
Um retrato imaginário realizado com um dos meus pinceis, L'ubomir Zabadal, Gimp.
Retrato imaginário realizado com um dos meus pinceis, L'ubomir Zabadal, Gimp.
Nos esboços de "Famíly", "Girl" e "Lovers", eu usei apenas 3 pinceis, e alterei os seus tamanhos e alternei as cores entre o preto e branco. Dois destes pinceis são, em princípio, semelhantes aos seus pinceis da serie "Centipede" e um foi criado por vetorização e posteriormente transferidos em fotos de água. Eu me pergunto se isso pode ser uma maneira simples de criar profundidade na imagem. Eu também trabalho a partir de  clássicos e tento converter-los para o Gimp com métodos simples.
Um retrato imaginário realizado com um dos meus pinceis, L'ubomir Zabadal, Gimp.
The Family, L'ubomir Zabadal, Gimp.
The Girl, L'ubomir Zabadal, Gimp.
The Girl, L'ubomir Zabadal, Gimp.
Lovers, L'ubomir Zabadal, Gimp.
Lovers, L'ubomir Zabadal, Gimp.
Nos esboços de "Face of Water" e "Mask" eu usei o mesmo método (alterei os seus tamanhos e alternando as cores entre o preto e branco), mas com mais pinceis, em torno de 6. Estes pinceis foram feitos a partir de imagens de fontes (eu moro em uma cidade spa :-)) Então, eu pintei da mesma forma como fiz com os pinceis em "Family", "Girl" e "Lovers", apenas preto e branco. Na "Madonna" eu adicionei cores da minha própria paleta e usei como dinâmicas ângulo e direção. Sei que estão faltando pequenos detalhes, mas estou trabalhando nisso...
Face of Water, pinceis inspirados na água - L'ubomir Zabadal, Gimp.
Face of Water, pinceis inspirados na água - L'ubomir Zabadal, Gimp.
The Mask, pinceis inspirados na água - L'ubomir Zabadal, Gimp.
The Mask, pinceis inspirados na água - L'ubomir Zabadal, Gimp.
La Madonna, pinceis inspirados na água - L'ubomir Zabadal, Gimp.
La Madonna, pinceis inspirados na água - L'ubomir Zabadal, Gimp.
As colagens são criadas usando procedimentos diferentes: a base é uma ou duas fotos e depois uso o "Carimbo" para transferir uma parte da imagem para um local diferente e às vezes eu também faço algum trabalho com um pincel. Eu quero que a água flua para cima :-). Finalmente, eu uso as curvas para alterar as cores."
The Dancer, L'ubomir Zabadal, Gimp.
The Dancer, L'ubomir Zabadal, Gimp.
The Player, L'ubomir Zabadal, Gimp.
The Star, L'ubomir Zabadal, Gimp.
The Star, L'ubomir Zabadal, Gimp.
Portrait of Mrs T, L'ubomir Zabadal, Gimp.
Portrait of Mrs T, L'ubomir Zabadal, Gimp.
Esta serie de colagens são excelentes e representam bem o grau de beleza da experimentação de L'ubomir Zabadal... "a sua ideia de fluir a água no sentido contrário", rende realmente a ideia.

Ele me enviou pinceis de testes para a aquarela e um set pensado para xilogravura e madeiras que estão ótimos os quais estamos pensando em breve em disponibiliza-los. Ainda estou fazendo um trabalho de comparação e realizando pequenos esboços que deverei enviar-lhes. A seguir vocês podem ver algumas belas experimentações destes pinceis.

Interessantes experimentações de pinceis dedicados a cascas de arvores.
Interessantes experimentações de pinceis dedicados a cascas de arvores.
Experimentações abstratas de pinceis dedicados à aquarela.
Experimentações abstratas de pinceis dedicados à aquarela.
Experimentações com pinceis para xilogravura.
Experimentações com pinceis para xilogravura.
O L'ubomir Zabadal tem trabalhado também muito com Alchemy, com a ajuda de um estudante programador, que criou uma versão com os controles um pouco diferentes, mas apenas para Windows. Ele espera criar também uma versão para o Linux.

quinta-feira, 26 de julho de 2012

Próximos artigos... estejam sintonizados!

Olá a todos nossos seguidores e visitadores... estamos trabalhando intensamente numa série de artigos sobre vários assuntos e temas. Aqui segue um pequeno resumo das mais importantes previstas.

Mesas Digitalizadoras Gráficas, alternativas econômicas e profissionais
Tablet Gráfica da Monoprice com tecnologia da UC-Logic.
Monoprice 12x9 com tecnologia da UC-Logic.
Neste momento estamos trabalhando num artigo bem completo sobre as tablets gráficas para o desenho e pintura digitais, isto tanto em ambiente Linux como no Windows e Mac OS X.
Os tópicos deste artigo estão sendo tratado com o maior carinho, profissionalidade e sem muitas complicações nas explicações técnicas... mas ao mesmo tempo quer ser um bom ponto de partida para saberem qual é a tablet que faz o caso de vocês. Como também entender os conceitos e as características de funcionamento das tablets mais econômicas e até aquelas mais custosas e ditas profissionais. Nós estamos curtindo muito a pesquisa e o bate-papo sobre este assunto e acho que vocês irão gostar.

Dinâmicas e presets no Gimp 2.8
Guias das Dinâmicas no Gimp 2.8
Dinâmicas no Gimp 2.8
Outro artigo importante, vai ser sobre as dinâmicas e presets do Gimp e de como entender os conceitos mais gerais e específicos destas duas ferramentas do Gimp, e principalmente na versão 2.8. Para isto tivemos pesquisando uma nova forma de apresentar o nosso material, com pequenas animações das interações entre usuário e tais ferramentas. É um artigo que requer muito tempo para preparar o material necessário: imagens, videos (curtos e longos), animações e principalmente explicar os conceitos e exemplificar o fluxo em modo simples e imediato.


DIY Comics
Iremos continuar a série dedicada à realização de HQs, através das técnicas dos screentones... e todo o processo ligado à publicação e projetação (ideação, diagramação e realização física). A pesquisa, para continuar o artigo Retículas no Gimp [Screentone, DIY Comics, part 1 ], está quase completa e muitos dos textos e referências já estão conferidos e examinados. Neste conjunto de tutoriais é intenção continuar produzindo material e ferramentas uteis para este tipo técnica. O pacote de screentones básico vocês podem encontrar aqui [http://forks-and-drills.googlecode.com/files/forks-screentones-patterns.zip]. Estou trabalhando numa serie de pinceis para o Gimp exclusivamente dedicado aos HQs e ao desenho em geral, lápis e nanquim... o método e pesquisa para começar a produção e explicar assim os princípios destes pinceis já estão prontos e testados... falta achar tempo para realizar-los!


O estúdio de Fabio Moon e Gabriel Bá.
Vai completar estes tutoriais com uma serie de artigos dedicados à história do HQ, principalmente criando pequenas fichas de quadrinistas famosos e aqueles atuais. Uma longa lista de referências sobre o assunto está sendo preparada e vai ser útil para todo mundo que curte o universo das histórias em quadrinhos.

Desenho e Pintura Digital
Método do Nat Williams para desenvolvimento de ideias para ilustrações.
Vamos também continuar escrevendo artigos sobre a pintura digital, quanto às tecnicas e metodologias, em parte esboçadas no artigo "O Desenho na pintura digital e as técnicas mais usadas" e naquele mais recente "Illustration Friday | ilustrando um novo concept a cada sexta-feira...". Temos já uma nova serie de links e videos uteis para alargar o espectro da analise inicial.
Neste âmbito estou preparando a continuação do artigo "Illustration Friday | ilustrando um ..." com a analise do método do Nat Williams para desenvolver ideias sobre temas que não temos muito conhecimento ou domínio.

2D Animation
Outra novidade vai ser uma grande pesquisa, que estou realizando já ha alguns anos, sobre Animação 2D... com material realmente interessante e que pode servir de inspiração para futuros artistas da animação.
O objetivo é propor artistas de animação tradicionais e aonde seus processos e métodos de produção sejam facilmente executáveis... com poucos recursos e com instrumentos opensource ou simplesmente em pequenos estúdios ou laboratórios improvisados.

Animação 2D de William Kentridge.

A lista é bem extensa de artigos a serem propostos nos próximos meses, mas estes são os principais e mais importantes. Este é nosso modo de responder ao continuo interesse que o nosso blog vem conquistando... então obrigado a todos e estejam a vontade para contatar-nos ou simplesmente comentar o nosso material.

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Um grande mural para o Batman em Nova Iorque

Vista da 315 Park Avenue South feito com o Google Maps.
Vista da 315 Park Avenue South feita com o Google Maps.
Navegando no meu FB vi a dica do Renato Alarcão e do Ricardo Antunes sobre este mural que mede mais de 45 metros de altura na 315 Park Avenue South em Nova Iorque, foi realizado por um grupo de artistas anônimos, e dedicado essencialmente ao lançamento do ultimo film do Batman da trilogia dirigida por Christopher Nolan.
Realizar este mural foi uma tarefa bem complicada pelos detalhes e dimensão da pintura...  vocês podem ver no artigo de Irene Gallo da Tor.com, as informações sobre o "in progress" do mural, vale a pena conferir!

"I’ve always wondered how they construct the image and what it might look like from up close while it’s being put together. It’s one of the only places where advertising is still painted — it’s an original work and it changes up about once every six weeks. I even joked that one day I would sit outside the building all day and wait for the crew to come out." [Fonte: Irene Gallo by Tor.com]
Mural do Batman anunciando o film do Batman.

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Renovando o blog do Forks And Drills

Desde que nasceu o blog, não tivemos muito tempo para trabalhar no web design. Agora estou organizando uma gráfica mais adequada ao projeto, tentando usar templates que já estejam disponíveis e assim evitar a maior parte do trabalho de desenvolvimento e modelação do xhtml e CSS.
A linha de ação do trabalho de redesign será aquela de limpar e simplificar o blog, deixando mais fácil na navegação e leitura... uma ideia é adotar uma pagina branca e basicamente tipográfica... e assim serão os conteúdos (imagens, textos e videos) a parte mais importante da interface.

Atualmente estou trabalhando encima de um template da Dzignine [Legit], muito belo e interessante... mas tem muito trabalho pela frente até conseguir o justo equilíbrio entre os tipos de conteúdos e um tipografia e design gráfico adequados.

Fiz também alguns esboços para o logotipo do Forks And Drills, mas não estão prontos... até tentei colocar no ar mas no final acabei achando que preciso ter mais paciência e principalmente trabalho de experimentação num blog provisório que montei somente para tal objetivo. Em breve estarei produzindo alguns posts sobre o in progress deste processo, principalmente para o logotipo.

Então, esperamos que todos estejam apreciando nossos esforços de sempre melhorar o Forks And Drills em todos seus aspectos, nos conteúdos, nas ideias, nas resources, no design do site e principalmente que as matérias aqui publicadas sejam uteis para aprofundar e melhorar o uso do software livre nas artes gráficas. É nossa intenção que as matérias mais importantes e frequentadas estejam em breve disponíveis em pequenos ebooks em formato .epub e .pdf. Futuramente é nossa ideia produzir pequenos livros tanto em formato digital como brochuras econômicas que estaremos em alguns casos disponibilizando grátis.

terça-feira, 17 de julho de 2012

Ilustre desconhecido...

Cena de Guerra, fonte: Today's Inspiration by Leif Peng
Cena de Guerra. [Fonte: Today's Inspiration by Leif Peng]
No ultimo post de Leif Peng no Today's Inspiration podemos admirar alguns ótimos desenhos a nanquin de pequeno formato de um ilustrador infelizmente desconhecido. O artista conseguiu dentro de espaços mínimos (cerca de 1 x 2 polegadas) resolver brilhantemente ações de condecorados de Guerra. Não podemos não deixar de notar a semelhança com certas soluções dos comics.

Cena de Guerra. [Fonte: Today's Inspiration by Leif Peng] 

Ilustração na diagramação original, dimensão aproximada de 1 polegada por 2 [Fonte: Today's Inspiration]


segunda-feira, 16 de julho de 2012

Danny Gregory, a Journal Diary Artist

Danny Gregory é um dos artistas de diário ilustrados que mais admiro. Ele nasceu em Londres, mas cresceu no Paquistão... Agora ele vive em Nova Iorque e dirige uma das principais agencias de publicidade americanas. Publicou vários livros sobre "art journaling" e é uma grande fonte de inspiração para muitos desenhistas, desenhadores e artistas pelo mundo todo. Ele fundou um grupo, o Every Day Matters no yahoo, que agora também existe no Flickr e no Facebook.


 

Este vídeo é uma entrevista bem humorada e ampla de Jane LaFazio sobre o Danny Gregory. Eu recomendo a todos assistirem e olharem também os outros vídeos de Danny e Tommy Kane. [https://www.youtube.com/user/DannyGregory/videos]

domingo, 15 de julho de 2012

Comics by Boulet

Pagina da My Metal Pizza do quadrinista francês Boulet.
Pagina do "My Metal Pizza" do quadrinista francês Boulet.
Boulet é um quadrinista francês e vive a Paris. Descobri ele recentemente, acho que foi uma dica de um amigo no Google+ e logo incorporei uma visita diária ao seu ótimo site.
Ele tem um estilo bem acido e um traço muito bonito, muito ligado aos underground comics.

Hard Rock de Boulet
Outra história divertida de Boulet, com um final bem divertido!

sexta-feira, 13 de julho de 2012

Illustration Friday | ilustrando um novo concept a cada sexta-feira...

Ilustração sobre o Japão durante a crise de 2008/09. [Americo Gobbo, Gimp]
Ilustração sobre o Japão durante a crise de 2008/09. [Americo Gobbo, Gimp]
Ilustração e Desenho...
Quando comecei a pensar em ilustrar e estava dando os primeiros passos tive que agregar conceitos e métodos para poder realizar ilustrações em modo profissional. Eu estudei Belas Artes em uma escola italiana, fiz pintura... mas pintar e ilustrar são coisas bem diferentes. Uma ilustração é algo muito finalizado a um conceito especifico, a um texto, a uma ideia. Para realizar uma boa ilustração necessitamos saber como "cavar" o conceito a procura de imagens, iconografias e uma composição que as suportem elegantemente, com originalidade e bom estilo.

Um desenho esmerado e tecnicamente preciso não significa necessariamente uma boa ilustração e vice-versa. Este conceito é bem curioso, visto que é comum pensar que é tudo uma questão de técnica e esmero. Na verdade a ilustração é a arte de focar o estilo, a forma e a composição a serviço da ideia que devemos representar e portanto não é um exercício de mera virtuosidade técnica.
Com isto não quero escrever, que a técnica não seja importante, pera aí, ela é sim e como, mas não está a serviço dela mesma, mas sim da ideia ou conceito a ser ilustrado. Neste sentido a ilustração, e particularmente aquela comercial, acredito que seja principalmente funcionalística, ou seja deve passar uma ideia, contar um historia ou estoria que seja. Se isto não acontece é tão somente um bom desenho, mas que seja claro, não tenho nenhuma coisa contra os bons desenhos :-), eu particularmente amo os  desenhos, mas aqui se trata de entender a diferença entre desenho e ilustração.

A importância e o peso da técnica na ilustração
Um ilustrador que particularmente acho emblemático para explicar esta diferença entre técnica e ilustração é Oliver Jeffers, é um ilustrador "irlandês", nasceu na Austrália mas cresceu em Belfast, mas agora vive nos EUA. 
Trabalho tradicional de Oliver Jeffers
Trabalho tradicional de Oliver Jeffers.
Ele tem uma técnica esmerada e bem clássica quando se trata de pintura, mas quando ilustra seus livros, esta técnica dá lugar a um estilo mais essencial e finalizado ao focus das suas estórias. Em geral a arte da ilustração e dos comics e cheia destes exemplos, onde estilos mais clássicos e menos clássicos e até mesmo estilos muito elementares dão lugares a excelentes trabalhos.
Trabalho de ilustração de Oliver Jeffers
Trabalho de ilustração de Oliver Jeffers.
Mas como encontrar este tal estilo próprio?
A procura do seu estilo próprio é uma longa e árdua estrada, mas acredito que vale a pena seguir esta linha, caso se encontre no inicio da carreira ou dando os seus primeiros passos.
Como a pergunta mesmo sugere, é uma procura... para encontra-lo, na minha opinião, o melhor método é exercitar a partir da copia de exemplos clássicos ou daqueles que você já de certa forma mais se identifica. Um bom exercício é copiar os grandes maestros da ilustração, da pintura, dos comics... mas não tentando imita-los, mas sim procurar a ideia que está por de traz de cada obra (forma, cor, composição, etc.).

Livro de jeffery Camp sobre o Desenho de cópia.
Um excelente livro sobre isto é Draw: How to Master the Art, de Jeffery Camp e apresentado por David Hockney. Jeffery explica muito bem a arte da cópia é de como você pode desenvolver tuas habilidades e seu próprio estilo. Este livro é meu manual de desenho preferido desde dos anos '80.
Nota: acredito que seja possível encontrar versões em espanhol editadas pela Blume Ediciones.


As ferramentas de trabalho
Outro pensamento comum é achar que as ferramentas de trabalho fazem mágicas... elas são somente ferramentas e não podem fazer milagres. As vezes um graveto encontrado no chão e um pouco de nanquim diluída pode resultar melhor que muita peninha importada :-) Se depois falarmos de ferramentas digitais, a discussão fica meio bairrista :-). Eu pessoalmente acho que cada ferramenta tem a sua aptidão ou vocação e cada uma destas se desdobram e se transformam na mão de cada um de nós. Não é importante tanto, Windows, Apple, Linux, ou Photoshop, Gimp, Manga Studio, Ilustrator ou Inkscape, etc. Mas sim o que estas plataformas e ou ferramentas são capazes de construir a favor do nosso jeito de "fazer arte".


Treinar a realização de ilustrações.
site do concurso livre do Illustration Friday
O site Illustration Friday de Penelope Dullaghan é um concurso aberto a todos ilustradores e artistas visuais. A cada semana um tema novo vem proposto pelos próprios participantes. Até eu tive a chance de propor um logo quando inicie participar a estes contests semanais. É bem fácil participar, as regras são simples e bem claras: basta haver um blog para publicar a arte e taga-la com o método indicado no site do Illustration Friday.
Eu acredito que este seja um ótimo método para todos praticarem e o desenvolvimento de ideias a partir de um tema ou um conceito... que a cada semana muda. Nada obriga vocês participarem a todos, de repente, mas tente estudar a dica do Nat Williams que coloco logo seguir, ela pode ajudar muito.

Mas como desenvolver conceitos e ilustrar matérias difíceis ou que você conhece ou domina pouco?
Illustração do americano Nat Williams
Illustração do americano Nat Williams, ilustrador que particularmente admiro.
Esta é uma questão bem comum, para tentar resolver esta questão eu recomendo ler com atenção as técnicas sugeridas pelo ilustrador americano Nat Williams:
Mais pra frente eu prometo escrever um post sobre a técnica do Nat Williams que apliquei a uma serie de ilustrações que fiz no ano passado para um site da internet. Ela funciona mesmo!

Finalizando
Bem, espero que vocês gostem das dicas de leitura e participem ativamente aos temas do Illustration Friday, que é um interessante modo de treinar e consolidar as técnicas de ilustração... e ao mesmo tempo haver contato com outros ilustradores, de fato ele é frequentado por iniciantes e também por profissionais já afirmados no mercado. Tem espaço para todo tipo de técnica e estilo, confira a lista no site.

sexta-feira, 6 de julho de 2012

Wet and Noises Brushes for Gimp

Agora estamos disponibilizando a segunda série de pinceis do Forks And Drills. Esta serie é básica para as técnicas molhadas (wet) e outra denominada 'noises' que servem para emular técnicas secas e mistas em geral (aonde são importantes os efeitos de ruídos nas bordas e nos fundos).  As imagens que seguem são alguns exemplos criados pelo Mozart Couto com os pinceis desta serie.


Para ter uma ideia sobre o uso de pinceis pensados para emular ruidos de fundo e ou de bordas um bom exemplo disto voces podem ter neste exemplo feito com pencil doodles pelo Mozart Couto, aonde o principio usado nestes pinceis é basicamente o mesmo da serie noises.

Exemplo com uso da série "Doodle Pencil", que usa a mesma técnica para criar ruídos de fundo.
Exemplo com uso da série "Doodle Pencil", que usa a mesma técnica para criar ruídos de fundo.
Para abaixar o set básico você pode usar este link do nosso code.google: http://forks-and-drills.googlecode.com/files/wet-noises.zip.
Esperamos vossos comentários , dicas e opiniões sobre este novo set.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...